Transcrições

  1. gildasio de almeida
    26/07/2014 às 3:08 pm

    carlinhos você e o cara quero a prende musica como eu faço não sei nada por onde começo

    • 27/07/2014 às 11:49 pm

      Oi, Gildasio, comece pela tab solfejo.
      Mas o ideal é que você já toque um instrumento.
      Se não tocar fica muito abstrato.
      Mas a tab solfejo é o ponto de partida do blog.
      Abraço

  2. cristian
    06/03/2014 às 11:42 pm

    Boa noite,Carlinhos gostaria de aprender violão,ja tenho o violão gostaria de saber ser poderia aprender por aqui?

    • 16/03/2014 às 11:31 pm

      Oi, Cristian, existem sites mais completos para o ensino do violão.
      Busca no youtube que tem canais específicos para isso!!!
      Jogue duro e qualquer dúvida, estamos aí!!
      Abração

  3. Georgia
    24/10/2013 às 5:55 pm

    Carlos tu tem como me explicar como começo a estudar o ditado rítmico, estou a dois anos tentando vestibular de musica e não consigo passar por causa da audição. Queria que tu me desse umas dicas de como começo a estudar isso tenho muita dificuldade de percepção. Obrigada desde já.

  4. Fátima
    19/11/2012 às 8:07 pm

    Carlos,estou gostando muito das aulas ,eu assisito e vou aos poucos aprendendo algo.
    Sempretive um sonho quando criança ,tocar piano,não foi possível,mas eu agora depois de aposentada tenho me dedicado a estudar um pouquinho.
    Estou muito contente em poder aprender algo.
    Por eesa razão vou deixar meu recado e incentivo a todos!

    • 22/11/2012 às 10:09 am

      Maravilha, Fátima!!!
      Vamos em frente!!
      Obrigadíssimo!!
      Conte comigo e com os tutoriais!!
      Abração
      Carlinhos

  5. Ernani Medeiros
    14/10/2012 às 12:23 pm

    Olá Professor Carlinhos, bom dia!

    Eu acredito que aqui em transcrissões seja o melhor lugar para eu tirar uma dúvida que tenho. Seguindo seus conselhos, comecei a tentar tirar “Parabéns”. Devido ao soar da música: “Pa-ra-béns”, eu acreditei que se tratava de 3/4. Bem, estou usando um software para ajudar nos estudos, como você faz nas suas demostrações e a música não batia de jeito nenhum.

    Bem, sem sucesso, olhei na partitura e vi que o parabéns era 2/4 na partitura que abri na internet. Realmente agora a melodia coincidiu… Bem, como saber que uma música é 4/4 e não 2/4? Ou melhor como saber que uma música não é 2/4, mas sim 4/4?

    Estou patinando nesse particular: o de acertar a divisão da música. Podes me ajudar? Recomenda alguma literatura que ajude nisso?

    Um abração,
    Ernani

    • 14/10/2012 às 1:21 pm

      Oi, Ernani, tudo bem??
      O parabéns é uma coisa bem complexa de escrever!!
      Se você reparar bem tem ocasiões que as pessoas cantam em 3/4 e ocasiões que cantam 2/4 (ou 4/4).
      Não gaste muito tempo com essa música.
      Com relação ao 2/4 ou 4/4 a diferença é bem sutil e, portanto, cabe a nós escolher um compasso e mandar brasa.
      Entretanto alguns compassos são tradicionalmente 2/4 (baião e marcha, por exemplo).
      Mas se escrever em 4/4 está valendo.
      Abração
      Carlinhos

  6. clea
    25/05/2012 às 3:59 pm

    Ola Carlinhos, olha estas aulas estao me ajudando muito. Eu tenho uma pergunta_ como eu faco para saber a tonalidade da musica, num ditado para transcricao, usando o diapasao? Acho que é assim que eu queria perguntar mesmo. O professor toca a musica no piano e eu tenho que saber a tonalidade e escrever a musica. Sempre erro na tonalidade. Que Deus te abencoe. Clea é o meu nome.

    • 25/05/2012 às 8:03 pm

      Oi Clea, obrigadíssimo pela mensagem.
      Essa questão é simples e complexa ao mesmo tempo.
      O que acontece é que você tem que, ao ouvir a melodia, tentar identificar que nota dela é o 1 (supondo que é uma melodia tonal). Acontece às vezes da primeira nota do ditado não ser o primeiro grau e isso confunde muita gente. Um exemplo bem conhecido é o “parabéns pra você”. Se eu te pedir para escrever “parabéns pra você” em Ré Maior você tem que começar com a nota lá (quinto grau de ré maior) e jamais com a nota ré.
      Identificando auditivamente o primeiro grau, aí é só buscar a nota no diapasão (caso o professor não diga a nota que ele iniciou ou dê qualquer outra referência) e escrever a armadura.
      De qualquer maneira, a melhor coisa que você pode fazer para treinar transcrição (ditado) é tentar memorizar logo a melodia. Quando isso acontece você escreve com calma e não passa aperto se o professor não repetir mais a melodia.
      Treine as melodias do Lieberman tocando ou cantando que elas te darão uma boa noção auditiva de encontrar o primeiro grau.
      Tem vários ditados nos links para download que podem te ajudar também.
      Junte com colegas e peça para que alguém toque melodias como o professor faz e discutam o processo que cada pessoa usa para responder. Na verdade existem diversas maneiras de chegar ao resultado correto. Essa troca de ideias pode te ajudar a descobrir o processo que você vai achar mais fácil.
      Espero ter ajudado.
      Qualquer coisa é só teclar.
      Valeu
      Carlinhos

  7. thereza
    21/04/2012 às 4:22 pm

    Olá. Adorei conhecer esse site, meu prof de teoria que
    indicou. Faço curso de extensão em piano na UFBA.Em teoria musical estou com dúvida em modulação. Será que posderia me ajudar?

    • 21/04/2012 às 5:06 pm

      Oi, Thereza, obrigadíssimo pela mensagem.
      Veja só, a modulação é a mudança de tonalidade dentro de uma música.
      Por exemplo: começamos uma música em ré maior. Vamos imaginar que é uma canção pop (digo isso porque as formas musicais prevêem às vezes mudanças dos centros tonais sem que haja modulação). Normalmente ele vai perpassar toda em ré maior e no final pode haver uma mudança de tom e seguir até o fim da música.
      Nessa canção de Michael Jackson você vai ouvir modulações sucessivas:

      Perceba o momento de cada mudança. E a frase cantada é sempre a mesma, sendo que em tons cada vez mais altos.
      Um outro termo que existe para a mudança do centro tonal é a tonicalização. A diferença é que a modulaçao não volta mais para o tom original e a tonicalização volta para o tom original. Na forma sonata, por exemplo, é comum você ter um tema em uma tonalidade e um pouco adiante outro tema na tonalidade relativa da original. Mas depois a original é retomada.
      Espero ter ajudado.
      Vamos em frente.
      Valeu
      Carlinhos

  8. Carlos Ítalo
    09/04/2012 às 9:34 pm

    Olá, tenho 18 anos e canto desde os 10 anos, já fiz diversos cursos de musica e atualmente faço escola de musica, mas nunca tive uma fonte tão acessível quanto essa… Queria parabenizar você Carlinhos por esse excelente trabalho virtual, conheci o site hoje e já o acho fantástico! Obrigado, amei o site!!! =D

  9. 09/04/2012 às 2:56 pm

    Oi Carlos, não consegui baixar nenhum dos seus software nos links do 4Share,
    foram varias tentativas sem exito.

    • 10/04/2012 às 8:17 am

      Oi Paulo, quando você clica no link aqui do blog, abre uma janela com um contador decrescente em segundos.
      Quando ele chega em zero, aparece “Download now”.
      É só clicar aí que ele baixa.
      Mas lembre que os softwares que eu fiz só rodam em Windows.
      Abração
      Carlinhos

  10. 14/01/2012 às 11:42 am

    muito bom . está me ajudando muito. pois tenho dificuldades em transcrição.obrigada por fazer a serie de quialtera,mas ainda tem o ultimo que é mais complicado na pagina 60.pois como descobrir a quialtera correspondente ao compasso?

  11. everton
    22/10/2011 às 9:42 am

    olá td de bom pra vc!
    nunca encontrei na net um material tão claro e objetivo igual esse. aprendi tocar do nada e agora com este material estou voltando a estaca zero, mas volto com todo o prazer pois são perfeitas suas vídeo-aulas continua nos ensinando.
    um abraço.

    • 23/10/2011 às 10:27 pm

      Valeu, Everton!!!
      É isso aí!!
      Dá uma estudada boa aí e qualquer dúvida, é só teclar!!
      Abração
      Carlinhos

  12. Sônia Katherine Pottier Gama Lobo
    15/10/2011 às 8:40 pm

    Carlinhos, vc já viu isso? Todo músico tem que ver, é fofo demais:

  13. Sônia Katherine Pottier Gama Lobo
    14/10/2011 às 12:12 pm

    Ê Carlinhos, vc caprichou nessa trancrição “Coração”, tudo bem só para assistir, mas faz umas transcrições BEM simples para os mortais (mais mortais do que vc rsrsrs) em Dó maior, compasso 4/4, coisas assim para a gente poder fazer, beijinhos, Sônia Katherine.

    • 15/10/2011 às 7:50 am

      Oi Sônia, peguei pesado, foi!!?!?!
      Relaxe!!
      Sugiro no início tentar cantar até aprender a melodia.
      Depois disso você já tem o domínio das notas e fica mais fácil escrevê-las.
      Depois disso você parte para o ritmo.
      É uma boa estratégia.
      Mas vou mandar coisas mais simples também!!
      Beijão

  14. Edmilson
    31/08/2011 às 10:52 pm

    Oi professor Carlos, desculpe a ouzadia de lhe xamar ja de professor ate pk so hj consegui realizar um de meus sonhos o de encontrar um tutorial tão organizado…se eu pudesse te daria o prémio nobre de ensino musical, eu ja toco mas naum sabia muita coisa que tu ensinas…naum sei como agradecer simplesmente espero que deus te abençoe muito…eu sou de angola e vou fazer o pessoal do meu país conhecer o teu site. tudo de bom pra ti.

    • 01/09/2011 às 12:48 am

      Oi Edmilson, obrigadíssimo pela mensagem!!!
      Conte comigo para estudar música.
      Fico muito feliz quando pessoas que já tocam resolvem estudar a teoria e a percepção!!
      Qualquer dúvida, pode perguntar!!!
      Um forte abraço daqui do Brasil!!
      Carlinhos

  15. geovane
    11/08/2011 às 9:12 am

    Fala professor tudo em PAZ ?
    será que vc pode me dar uma ajudar, esta partitura tá certa ?
    pois pra mim tem notas de mais na introdução.

    os link da partitura e da musica são estes.
    http://www.cifraclub.com.br/pg/meu-universo/partituras/

    http://www.4shared.com/audio/xekOOoRP/PG_-_Meu_Universo.htm

    Eu estou começando a estudar musica e seus tutoriais têm sido de grande ajuda estudo sempre um pouco por eles no meu trabalho e em casa valeu mesmo !
    Abração !

    • 11/08/2011 às 11:10 am

      Oi Geovane, obrigado pela mensagem!!!
      Olhei agora a partitura e comparei com o áudio.
      Percebi que está certo, no entanto, quando chega o C9 eu só escuto as colcheias pontuadas. Não consegui ouvir as semicolcheias.
      Elas com certeza complementam mas…
      O fato é que não consegui ouvi-las naquela gravação. Talvez em outra elas estejam mais presentes. Mas só naquele compasso perto do final da intro.
      Valeu
      Abração
      Carlinhos

  16. Lomanto David Miranda
    01/08/2011 às 11:35 am

    No mundo onde impera o egoísmo e a mediocridade, ver uma pessoa que tem o desprendimento e a boa vontade de transmitir excelentes conteúdos e ajudar as pessoas a aprenderem música, faz renascer a esperança e o otimismo que ainda vale a pena lutar por este mundo. Parabéns, continue sendo esta pessoa iluminada .

    • 01/08/2011 às 11:37 am

      Oi Lomanto, obrigadíssimo pela mensagem!!!
      Pode contar comigo para transformar o mundo!!!
      Abração
      Carlinhos

  17. Fabio Mellog
    29/07/2011 às 8:46 pm

    Que Deus te abençoe sempre por essa atitude de transmitir conhecimentos, a quem precisa. abraço de fabio mellog

    • 30/07/2011 às 7:51 am

      Amem, Fábio!!
      Continuo acreditando em atitudes altruístas!!
      Obrigadíssimo pela mensagem!!
      Carlinhos

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: